Três coisas que aprendemos com a vitória por 3 a 2 sobre o Southampton. Ah… E com o título também

ibra2

 

1.É por isso que Mourinho jamais o substitui

Era óbvio que Zlatan estava exausto. Aos 35 anos, jogando todas as partidas 90 minutos, ele não foi substituído nenhuma vez na temporada. A velocidade não há e isso ficou provado quando pegou uma bola nos minutos finais que, se fosse Rashford, só pararia dentro do gol. Ibra parou e esperou a ajuda.

Mas o senso de colocação, as finalizações, o jogo aéreo… “Ele ganhou o título para nós”, disse Mourinho após o jogo.

O jogador mais decisivo da temporada na Inglaterra.

united3

2. Ganhar jogando bem, é bom. Ganhar jogando mal, é tão bom quanto

A melhor coisa do título é ver que o Manchester United recapturou uma das principais características dos tempos de Sir Alex. A capacidade de achar um jeito de vencer mesmo quando joga mal. E na final da EFL Cup, o United não foi bem. O Southampton criou mais chances, teve um gol legal anulado e poderia ter vencido.

Mas com o passar do tempo, ficou claro que quem aproveitasse a próxima chance seria campeão. E a oportunidade seguinte do United caiu na cabeça de Ibrahimovic.

 

3. Adeus de Rooney

Wayne não entrou em campo, mas é sintomático que tenha sido chamado para levantar a taça sem entrar em campo. Fica cada vez mais claro que é a última temporada dele no Manchester United.

 

Nesta ocasião especial, vamos abrir exceção para um quarto item,

4. WE’LL NEVER DIE!

 

Curta aqui nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter: @BR_RedDevils

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s