United cria, mas não aproveita e isso vai impedir o time de brigar pelo título da Premier League

missed

“Nós perdemos chances importantes”, disse Mourinho após o empate com o Liverpool.

Ele falava do 1 a 1 do último domingo.Mas poderia ser sobre a Premier League do Manchester United até agora.

Sim, o time oscilou. Como aconteceu com todos. Até com o Chelsea. Alguém lembra que o time de Conte foi trucidado pelo Arsenal? O Liverpool perdeu para o Burnley e levou virada do Bournemouth. O Manchester City está em queda…

Apesar das declarações de Ibrahimovic, que o United está pronto para aproveitar os escorregões dos adversários, é difícil imaginar que a equipe vai conquistar o título da Premier League. São 12 pontos atrás do Chelsea a 17 rodadas do fim. É pouquíssimo provável.

Jones e Rojo se firmaram e, se não formam a melhor dupla de zaga da Premier League, tem jogado bem. A lateral esquerda é um problema e Mourinho, a não ser que Shaw agarre a posição em um futuro próximo, sabe que terá de ir ao mercado resolver o problema. O meio-campo se acertou com Carrick. Do meio para frente, o United tem opções e Pogba, se foi mal contra o Liverpool, crescia de rendimento nas partidas anteriores.

O Manchester United está na sexta posição porque não consegue aproveitar as chances que cria. Uma mostra disso é quanto foi “chorado” o gol de empate de Zlatan, em que ele teve de fazer um malabarismo corporal para cabecear a bola. Nas palavras do próprio Ibra, pareceu ter demorado uma eternidade para a bola entrar.

A não ser diante do Chelsea, em todas as partidas o United teve chances para ganhar com mais folga do que ganhou, vencer partidas que empatou ou evitar derrotas.

Vamos citar apenas três em que os comandados de Mourinho dominaram os 90 minutos, mas não venceram: Stoke (1 a 1), Arsenal (1 a 1)  e Burnley (0 a 0).

Quem acrescentar  esses seis pontos perdidos para o Manchester United na classificação vai ver que chegaria à vice-liderança, com 46. A seis do Chelsea. Uma diferença que poderia ser tirada, até porque os rivais se enfrentam em Old Trafford.

Números da Opta dizem que das 37 “grandes oportunidades de gol” criadas pelo United na Premier League nesta temporada, marcou 12. Taxa de aproveitamento de 32,4%. Liverpool, por exemplo, tem 60%. Chelsea, 50%.

 

O gol de Ibra de domingo, por exemplo, não se encaixou na descrição da Opta de “grande oportunidade de gol”.

Em relação aos anos Moyes e Van Gaal, o United de Mourinho cria muito mais. Olhando pelo lado otimista, esta é a parte mais difícil. A partir do momento que a bola entrar mais, tudo ficará bem mais fácil.

CURTA AQUI NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO TWITTER: @BR_RedDevils

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s