Dois últimos jogos

Como já se passaram alguns dias, algumas observações das duas últimas partidas.

Contra o Wolfsburg, foi uma daquelas noites de preguiça em Old Trafford, onde o United faz apenas o bastante para vencer. E quantos jogos como esses já vimos na história da equipe em torneios europeus? Valeu pela volta de Carrick, que enfim foi escalado e respondeu com uma boa atuação. Ah e by the way, Kuszczak tem sido melhor que  Foster.

Contra o Sunderland, o United teve muita, mas muita sorte. Pelo futebol mostrado, o resultado mais correto era vitória da equipe de Steve Bruce, que me impressionou por conseguir marcar bem as principais jogadas dos Reds.

O primeiro tempo foi inacreditável. Parecia que Ferguson havia colocado 11 daltônicos em campo que não conseguiam enxergar a cor vermelha. Fletcher, então, parecia desconhecer que tinha a obrigação de passar a bola para um companheiro de time. Claro que no segundo tempo o time melhorou, mas não creio que tenha feito o bastante para vencer, embora, nos acréscimos, ela quase saiu.

Welbeck não é winger, assim como Nani continua inconstante. Foster segue falhando.

E é bom ressaltar: o melhor do United tanto contra Wolfsburg como contra Sunderland foi Berbatov. Os passes que deu na partida diante dos alemães foram sensacionais. Que se faça justiça.

Anúncios

Uma resposta para “Dois últimos jogos

  1. O Foster precisa ter mais confiança. Anda falhando, por enquanto estamos conseguindo ganhar ou empatar, mas não será sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s