Fergie coloca idade limite para grandes contratações

Texto de Ian Herbert, publicado no The Independent sobre a política de contratações do Manchester United.

Sir Alex Ferguson concordou com uma nova estratégia de que nenhum jogador com mais de 26 anos será contratado em “major deals” para jogar em Old Trafford. Uma decisão que explica porquê Franck Ribery e Kaká não estiveram no radar do clube e porquê Karim Benzema pode estar.

Ferguson e o chefe executivo David Gill entraram em entendimento com os donos do United, a família Glazer, que o valor de venda dos jogadores que assinar contratos de cinco anos quando estão próximos dos 30 anos mostra que o certo é contratar atletas mais jovens. Significa que negócios como as 31 milhões de libras pagas por Dimitar Berbatov, de 27 anos, não vão acontecer de novo, pelo menos durante o reinado de Ferguson. Carlos Tevez, aos 25 anos, está no topo da escala e o United não está interessado em Ribery, de 26 anos.

O modelo – que idade é um dos principais fatores levados em consideração – certamente ajuda no interesse pelo atacante de 21 anos do Lyon, que parece ter perfil perfeito: jogador de 21 anos com pedigree em partidas importantes. Não há qualquer indício, apesar disso, que o jogador que Ferguson admira há muito tempo é um dos objetivos e o sentimento geral é que o preço de 50 milhões de euros é considerado excessivo.

Outro que tinha o mesmo perfil de Benzema quando o United o contratou é Michael Carrick. Ele tinha 24 anos quando chegou do Tottenham e seu desenvolvimento em um profundamente influente jogador para Ferguson é o que o clube procura.

O entendimento entre os Glazers e seus dois empregados mais importantes reflete o fato que os americanos, que tem um débito de 650 milhões de libras para considerar, devem ver os jogadores contratados como investimentos financeiros. Ferguson disse na temporada passada, que Benítez gastou mais em Anfield em jogadores que chegaram e já saíram. Entende-se que os Glazers colocaram 50 milhões de libras à disposição de Ferguson, embora essa quantidade será utilizada apenas em último caso, conforme uma fonte dentro do clube informou.

A venda de Cristiano Ronaldo, que deu ao United um lucro de 68 milhões de libras, reflete a sabedoria de contratar jogadores consideravelmente jovens e significa que Ferguson terá menos necessidade de gastar os 50 milhões de libras que tem de reserva. Cada vez mais, nos últimos quatro ou cinco anos, Ferguson investiu em juventude. Wayne Rooney, Anderson e Nani são jogadores são opções que apareceram quando tinham 23 anos ou menos, por isso a satisfação do técnico com a estratégia que é a reafirmação do seu trabalho.

Luis Antonio Valencia é outro jogador de 23 anos que interessa – os dirigentes do Unites vão se encontrar com Dave Whelan, chairman do Wigan, para discutir a contratação do winger. Mas Ribery não parece ser o jogador que estão procurando como substituto de Ronaldo, apesar da dica do chairman do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, que uma oferta foi feita pelo meia. “Há clubes que vieram até nós com propostas. Já foi divulgada a do Chelsea e também tem Manchester United e Barcelona”, disse.

Chelsea não representa, ainda, ameaça à tentativa do United de manter Tevez. O clube de Londres considera os 25,5 milhões de libras um valor excessivo e preferem ir atrás de Ribery.

TRADUÇÃO BRAZILIAN RED DEVILS

Anúncios

2 Respostas para “Fergie coloca idade limite para grandes contratações

  1. Não sei se isso é realmente verdade, mas caso se confirme, acho uma pena… Não vejo o caso Ronaldo do ponto de vista simplesmente financeiro (lucro espetacular com a venda, c comparada ao valor da aquisição em 2003), mas, mais importante, foi ver a evolução de um jogador talentoso, de excessivamente individualista no início ao jogador mais completo do futebol atual. Nesse tempo, foram três Premier League e uma Champions.
    Ótimo se casos assim se repetirem, mas não por fatores mercadológicos, e sim pelo progresso e contínua identificação entre jogador e clube (com ronaldo isso não aconteceu, infelizmente), vindo títulos e glórias. Por outro lado, se Ferguson só resolver mesmo contratar promessas, algumas podem demorar um pouco a se afirmarem, podendo prejudicar o desempenho da equipe a curto prazo. Isso de SÓ contratar “miúdos maravilhas” é besteira.. tem de haver equilíbrio, pois jogadores de 28, 29 anos ainda têm lenha pra queimar (muitos dizem q é a fase onde o jogador atinge seu ápice…)

  2. Sim Beno Chang, essa é a idade na qual os jogadores geralmente atingem o seu auge (27-28 anos). Até acho muito interessante continuar contratando jogadores jovens para formar uma equipe principal, porém não podemos cair no erro do Arsenal que SÓ contrata jovens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s