Match report: Manchester United 1-0 Arsenal (UCL, Old Trafford, 29/4/2009)

Há um ditado italiano que diz: “nunca siga seu primeiro impulso porque este será sempre generoso”.

Eu estava muito revoltado quando o jogo acabou. “Por quê?”, ficava ne perguntando, mesmo sabendo a respostas.

Era para o Manchester United ter terminado a quarta-feira classificado para a final da Champions League. Porque foi um massacre. United at their best.

Aos poucos, a tensão está baixando e é possível perceber que foi um ótimo resultado. Mas mesmo assim… Tevez, Ronaldo, a bola na trave, Giggs… ARGGGHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!

Não vou me prender muito ao jogo porque não estou com paciência e acho que todo mundo alive and kicking viu ou ainda vai ver. Mas Old Trafford em uma noite de Champions League… poucas coisas podem igualar isso. Engraçado que um amigo perguntou, antes do jogo, quem faria o gol.

“O’Shea!”, respondi.

Alguém quer os números da mega sena?

O fato é que Tevez e Rooney pelos lados e Ronaldo se deslocando pelo meio do ataque atemorizaram a defesa do Arsenal. Nem é preciso dizer qual deve ser o time para a partida de volta, terça-feira. Berbatov entrou jogando bem, mas Carlitos oferece algo mais em termos de velocidade e combatividade. É bem verdade que o primeiro toque do argentino na hora de ajeitar a bola não é dos melhores e hoje foi pior ainda. Mas mesmo assim…

É difícil dizer isso porque faltou o gol… mas Ronaldo foi soberbo. Jogou muito. E fez uma bela parceria com O’Shea quando caiu pelo setor esquerdo.

la la la la la la la la la

We all know that Johnny’s goin’ to score

When Johnny’s marching down the wing, O’Shea… O’Shea

When Johnny’s marching down the wing, O’Shea… O’Shea

When Johnny’s marching down the wing the Stretford End will fucking sing

WE ALL KNOW THAT JOHNNY’S GOIN’ TO SCORE

Agora que partilhei isso com vocês, estou até mais otimista.

BRING THEM ON!

 

Texto original Brazilian Red Devils. Favor não reproduzir sem autorização do autor.

Anúncios

4 Respostas para “Match report: Manchester United 1-0 Arsenal (UCL, Old Trafford, 29/4/2009)

  1. Eu aceito os números da mega-sena… hahaha.

    Ficou barato para o Arsenal. O Manchester dominou o jogo inteiro, e poderia ter conquistado um placar mais elástico na partida se não fosse as boas defesas do Almunia.

    No primeiro tempo, com o domínio total da partida, quem roubou o estrelismo foi o Almunia, que por diversas vezes salvou o Arsenal de ir para o vestiário com um resultado amargo no placar, sorte…

    Anderson foi absoluto no meio-campo, jogou demais, uma das suas melhores atuações na temporada. Rooney abrindo espaços na ponta esquerda foi excelente, Ronaldo jogou bem, e o Tevez foi um monstro em campo na partida, absolutamente fantástico. A defesa bastante segura, evitou que o Arsenal conseguisse aproveitar os contra-ataques com Cesc e e Adebayor.

    Poucas mudanças na segunda etapa, o Arsenal saiu mais para o jogo, no começo do segundo tempo, foi um jogo equilibrado apesar da maior posse de bola do Manchester. Cristiano Ronaldo apareceu mais, e o Rooney infernizou pela ponta direita, poderia ter marcado o seu gol.

    Giggs gênio, entrou e completou sua 800ª partida pelo Manchester United.

    Não gostei do Ferguson ter tirado o Tevez, deveria ter deixado o Carlitos em campo, sentia que ele deixaria a sua marca, estava bem na partida, apesar de ter criado menos no segundo tempo.

    No gol do Giggs, o bandeirinha demorou uma semana para levantar a quadriculada e marcar o impedimento, se ele estava, foi milimétrico. E o Ronaldo quase marcou um golaço de fora da área, a bola explodiu no travessão.

    Adebayor gênio conseguiu errar todos os passes que tentou fazer no ataque, continue assim. Cesc criou pouco, e o Eduardo da Silva entrou e “machucou” o Ferdinand…

    Apesar da vitória, a classificação não está garantida, mas, mais perto. O Arsenal vai ter que sair mais para o jogo em casa, e isso vai deixar espaço para o ataque do United aniquilar a partida. Poderia ter sido mais que 1×0, ficou de bom tamanho para o Arsenal devido ao domínio do Manchester United. E a torcida fez um espetáculo em Old Trafford, fascinante.

  2. OFF: Alex, você que é um sujeito informado, e o seu Blog é referência para mim quando se trata de Manchester United…

    E o Kaká? Verdade ou mentira? Eu sinceramente, adoraria vê-lo com a camisa do United, é o jogador brasileiro que mais admiro atualmente.

  3. Cara, mesmo quem está na Inglaterra sabe muito pouco porque são apenas boatos. Eu não boto muita fé de que Ronaldo será vendido, então nem vai ter conversa.
    Enfim, acho que é conversa fiada total. Mas vai saber…

  4. Realmente um massacre.

    Acho que Ferguson demorou pra colocar Giggs em campo. O time melhorou muito com ele.

    Poderia ter sido mais, mas apesar de tudo é uma vitória. E sem ter tomado gol em casa, o que é de suma importância. Placar que, se bem administrado, pode nos levar à Roma.

    Acho que a postura do United no Emirates tem de ser a mesma de ontem. Se marcar um, obriga o Arsenal a fazer três, e aí o desespero faz com que se abram completamente.

    E ainda tem gente que tem a coragem de dizer que Old Trafford não faz barulho. O que vimos ontem foi algo fantástico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s