Match report (sort of) – Manchester United 2-2 Porto (Old Trafford, 7/4/2009, UCL)

Dois dias depois e eu ainda não estou com muita vontade de escrever sobre esse jogo. Na verdade, são 23h de quarta-feira e eu ainda estou no jornal.

Só o que me preocupa é que podemos dizer oficialmente: it’s not a blimp. It’s a slump. À exceção dos últimos 15 minutos da partida contra o Aston Villa, são quatro partidas consecutivas jogando muito mal.

Contra o Porto, quase o United conseguiu mais uma great escape. O fato de não ter conseguido por causa de uma falha defensiva tão escandalosa é que ainda me deixa muito nervoso.

Well…. agora é tudo ou nada, não é?

Jogando como nas últimas partidas, nem me preocupa a Champions League, porque os Reds não têm a menor chance. O medo é deixar a PL escapar para “eles”.

But playing as the real Manchester United… I always believe.

KEEP THE FAITH.

Anúncios

3 Respostas para “Match report (sort of) – Manchester United 2-2 Porto (Old Trafford, 7/4/2009, UCL)

  1. O animo ta la embaixo…e a confianla tbm!
    but, Man utd will never die!
    BELIEVE

  2. Quando assistia ao jogo de domingo entre United e Aston Villa e o placar apontava 2×1 para o time de O’Neil, eu pensava:

    Esse time virou um jogo em final de UCl em 1,5 minutos. Por que não fariam isso em 10 minutos?

    Esse time renasceu de uma terrível tragédia e conquistou a Europa apenas dez anos depois. Por isso, não me digam o que esse time não pode fazer.

    Temos condições de sair com o resultado favorável no Dragão. Temos mais time. A questão é essa equipe começar a jogar 80% do que pode, já que atualmente não tem jogado nem 50%.

    Acreditem.

  3. É, está ficando tudo mais difícil.

    O United caiu de produção desde a amarga derrota para o Liverpool no inglês, até ali, vinha evoluindo a qualidade, o toque de bola, os reservas fazendo atuações de alto nível, mas o time despencou. Desde que o recorde de partidas sem gols caiu frente ao Blackburn, o time vem tomando um atrás do outro. Evans que mostrava uma qualidade extraordinária ao cobrir as faltas de Ferdinand e Vidic na zaga, vem despencando sua qualidade em campo juntamente com a equipe.

    O Porto foi brilhante em Old Trafford, assisti um vt da partida porque estava trabalhando, e não fiquei feliz com o que eu vi.

    No primeiro tempo, foi um domínio claro do clube português. Mesmo jogando em Old Trafford, o United demorou para encontrar o seu jogo, só na segunda etapa é que conseguiu equilibrar a partida.

    Cristiano Ronaldo falhou na saída mais uma vez, como errou no segundo gol do Aston Villa no fim de semana. Erros assim, não podem ser constantes. Óbvio que ele tem salvado o time em algumas partidas, mas a regularidade dos jogadores sempre foi um ponto forte do Manchester.

    Rooney foi o melhor em campo do lado do United, jogou em um patamar diferente. Depois das boas atuações com a camisa da Seleção Inglesa, eu já esperava um retorno com brilho. Ele não decepcionou.

    Van der Sar salvou várias vezes, fez brilhantes defesas no decorrer do jogo.

    Sir Alex Ferguson afirmou que quando saiu o gol de virada do Manchester, olhou no relógio e temeu. Temeu por uma comemoração antecipada da equipe, que prejudicaria nos minutos finais da partida, e deu no que deu.

    Agora, o Manchester precisa se encontrar em Portugal, antes, joga pela Premier com o Sunderland, e eu espero não sofrer surpresas com foi diante do Fulham. O United terá que fazer o que nenhum time inglês conseguiu ainda, vencer o Porto em Portugal, ou no mínimo, conseguir outro 2 a 2 que tornaria tudo ainda mais dramático.

    KEEP THE FAITH!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s