Match report: Manchester United 3-2 Aston Villa (EPL, 5/4/2009, Old Trafford)

Eu não me canso de ver o gol.  Porque há uma boa chance de um garoto de 17 anos, em seu primeiro jogo como profissional, ter decidido o título da Premier League.

Eu odeio o Li******l. Abomino. Mas o momentum era todo deles, principalmente depois dos jogos de sábado. O United atuou mal contra eles e fez pior ainda diante do Fulham.

O time precisava de um turning point. De uma jogada que mudasse o destino do campeonato.

For that, we thank you Federico Marcheda.

Estava discutindo sobre isso no domingo à tarde com um amigo pelo MSN que assistiu o jogo na Inglaterra mas não conseguiu ingresso para ir a Old Trafford.

Para o inferno o sentimento de macho man que há em todos nós! Que se dane a virilidade que fazemos questão de mostrar 24 horas por dia.

Manchester United é melhor do que sexo.

O gol de Marcheda foi um dos mais longos orgasmos registrados na história da humanidade. E eu ainda estou sentindo os efeitos.

Porque, afinal, o Liverpool era o favorito para ganhar a Premier League, não é?  Deus, em sua infinita sabedoria, me colocou a milhares de quilômetros de distância de Manchester hoje. Só Ele sabe o que eu teria feito se estivesse em Old Trafford.

O primeiro tempo foi um dos piores desempenhos coletivos da equipe nos últimos anos. Em parte mérito do Aston Villa, que adiantou a marcação, mas também não custava Giggs, Nani, O’Shea e Fletcher terem acertado alguns passes. Nani vem sendo uma decepção completa nesta temporada.Mas em um momento de categoria de Ronaldo, os Red Devils ficaram com vantagem no placar.

Ronaldo… então, ele não consegue ser decisivo em partidas importantes, não é?

Mas o Villa tem um bom time. Não, tem um excelente time. Milner, Young, Agbonlahor e Carew formam um ataque forte. Mas Gary Neville não pode ficar na marcação de Carew dentro da área, em um cruzamento. Lance, aliás, que não deveria ter acontecido, porque Milner passou por Evra e mais um para fazer o passe.

O time estava desencontrado, perdido e comecei a temer pelo pior.  A partir do momento em que o Villa pulou na frente, não havia outra saída. Era colocar o United no ataque e correr riscos até de sofrer uma goleada. O que foi exatamente o que sucedeu contra Li******l.

Marcheda é o artilheiro do time reserva nesta temporada. Seu técnico é… Ole Gunnar Solskjaer. Bem… preciso dizer mais alguma coisa?

Ele entrou para dar uma referência de mais força dentro da área, o que Welbeck, por exemplo, não poderia oferecer.  O tempo passava e nada do gol sair. Até que Ronaldo criou um lance do nada para empatar (Como é que é? Ele não resolve quando interessa?).

Mas faltava mais um gol. Welbeck entrou e imediatamente perdeu uma chance. Friedel salvou contra Fletcher. Friedel salvou contra Ronaldo.

Mas contra Marcheda não teve jeito. Take a bow, son. Ele correu para abraçar o pai, que minutos depois foi flagrado chorando, sentado. Nós choramos de alegria. Esta virada merece ser lembrada como uma das maiores da história recente do United.

His name is Federico Marcheda. E ele nos colocou de volta no caminho para o título.

Are you watching, Merseyside?

TEXTO ORIGINAL BRAZILIAN RED DEVILS. NÃO COPIE OU REPRODUZA SEM AUTORIZAÇÃO DO AUTOR

Anúncios

3 Respostas para “Match report: Manchester United 3-2 Aston Villa (EPL, 5/4/2009, Old Trafford)

  1. Realmente foi muito foda

    Um dos gols que mais comemorei em minha vida,quando começava a temer os 3 jogos consecutivos sem vitoria.
    Até a estrela do garoto brilhar xD

    THE REDS ARE MARCHING ON

  2. O Manchester jogou mal hoje, denovo.

    O time não se encontrou dentro de campo, com os desfalques e uma equipe desencontrada, o Aston Villa que tem um excelente time, demonstrou mais futebol em vários momentos da partida. Porém, apesar da superioridade técnica dentro de campo hoje, eu não acho o resultado injusto, pela raça que o United demonstrou ter e a vontade de buscar o resultado positivo.

    Em números, o United produziu muito mais, e no fim das contas, apesar de ter assistido a posse de bola do rival em alguns momentos, teve mais a redonda nos pés. A verdade é que a falta de técnica é que pesou, ninguém conseguia acertar um passe, até mesmo o Giggs. Mas quando pressionaram, conseguiram o resultado.

    O Nani é um zero a esquerda nessa temporada, o meio-campo foi péssimo, o Tevez produziu pouquíssimo, acho que se o Vidic estivesse em campo, as chances de ter tomado dois gols de bolas alçadas seria bem menor, a não ser que ele fosse mal como foi no jogo contra o Liverpool. Outra péssima atuação, foi a do G. Neville…

    No mais, reverências a Macheda. United’s new hero…

  3. Espero que Ferguson dê mais chances a este talentoso garoto. Que golaço! FEDERICO MACHEDA é um predestinado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s