Match report: Manchester United 2-1 Blackburn Rovers (EPL, Old Trafford, 21/2/2009)

Quem diria: Siddy pode nos deixar com uma mão na taça hoje. Basta vencer Li******l. Robinho, we’re counting on you!

Para variar, eu estava trabalhando na hora do jogo. Pela terceira semana seguida, consegui voltar correndo para casa, baixar o jogo e assistir. Já está se tornando até um hábito. Hoje foi no Setanta Sports, narração de Jon Champion.

Vocês já ouviram falar nesse nome, né? É, ele mesmo… o narrador do Pro Evolution Soccer.

Van der Sar poupado para terça-feira, Evans na zaga porque Vidic está suspenso para a partida contra a Internazionale. Rooney no lineup. Nada de surpreendente. Nem Nani começando novamente como titular. Um raciocínio meio óbvio é que Darren Fletcher será titular no San Siro. Ou será Giggs a surpresa no meio-de-campo? Apostaria que Fletcher vai jogar no meio ao lado de Carrick e Giggsy na left wing. Mas é só palpite… Darren é uma espécie de homem de confiança de Fergie para jogos como esse.

Não me preocupo com o fato da defesa enfim ter sofrido um gol na Premier League. Alguém achava possível ficar invicto até a última rodada? Era inevitável. O que provavelmente vai me fazer perder o sono até terça-feira é o comportamento da zaga nas bolas aéreas sem Vidic. Definitivamente, não é a mesma coisa.

Mas antes do gol do Blackburn, Rooney tinha aberto o placar em uma magnífica enfiada de bola de Nani. Dois jogos, dois gols para Wazza desde a volta. Not too bad, huh?

Saw my mate, the other day, he said to me he’d seen the white Pele. So I asked: ‘who is he?’. He goes by the name of Wayne Rooney. Wayne Rooney, Wayne Rooney…”

Na verdade, achei o primeiro tempo um pouco lento demais. Alguns erros de passes bobos comprometeram ataques dos Reds e isso aconteceu bastante quando Rafael estava com a bola. Ele realmente não foi bem hoje.

Alguém sabe por que o gol de Evans foi anulado? Empurrão de quem? Ferguson foi reclamar no intervalo com Howard Webb e fez muito bem.

O segundo tempo foi muito mais vivo e, se nos primeiros 45 minutos eu estava disperso, depois não conseguia desgrudar os olhos das telas do computador. Quando Ryan Nelsen acertou a trave e a bola voltou para Dunn, quase olhei para o ouitro lado. Senti o pior. Kuszczak salvou. O castigo veio com Ronaldo, que foi muito bem na etapa final. Sempre um perigo. Cobrança de falta perfeita, 2-1.

Precisaremos dele na terça-feira.

O United continuou criando e faltou um pouco mais de sorte nas finalizações. Berbatov deveria ter feito o terceiro. Cabeceou sozinho dentro da pequena área. Rooney quase fez duas vezes de longe. Mas se o juiz anulou o gol legítimo de Evans no primeiro tempo, mandou seguir quando Rafael claramente puxou Pedersen na área. Tudo bem que o norueguês não fez muita questão de seguir na jogada, mas o brasileiro o puxou. Deveria ter sido marcado pênalti e Rafael, expulso.

Escapamos dessa. Phew…

Ainda teve uma emoção no final, com Paul Robinson indo para a área, mas o Rovers nunca pareceu muito perto de empatar de novo (a não ser pelo lance do pênalti). Oito pontos de vantage, we’re on the way to retain our trophy.

Evans saiu de campo lesionado…oh, fuck. Escrevo sobre isso logo mais. Atrapalhou um pouco a celebração pela vitória. Não as Heinekens. Antes estava bebendo para celebrar. Agora de preocupação.

 

TEXTO ORIGINAL BRAZILIAN RED DEVILS. FAVOR NÃO REPRODUZIR SEM A PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DO AUTOR

Anúncios

Uma resposta para “Match report: Manchester United 2-1 Blackburn Rovers (EPL, Old Trafford, 21/2/2009)

  1. Impressionante com o Santa Cruz gosta de fazer gol no Manchester, hahaha. Pena que o Van der Sar não estava no gol né? O recorde pessoal dele continua e tomara que ele consiga bater o europeu, quanto ao United, ninguém esperava continuar sem tomar gols por muito e muito tempo, aliás, me preocupa o fato de Vidic não jogar nesta terça-feira, fará muita falta, e o pior, Evans saiu lesionado. Temos um enorme problema na zaga, todo mundo lesionado, até quem é normalmente improvisado.

    E Rooney é craque. É maravilhoso poder contar com esse astro que ainda é apaixonado assumidamente pelo Manchester United.

    Saw my mate, the other day, he said to me he’d seen the white Pele. So I asked: ‘who is he?’. He goes by the name of Wayne Rooney. WAYNE ROONEY! WAYNE ROONEY! He goes by the name of WAYNE ROONEY!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s