Zagueiros em 1968, 1999 e 2008

Quem quiser utilizar os textos do Brazilian Red Devils, favor ter a decência de dar o crédito de onde tirou o texto. E isso de maneira clara e legível para todos os visitantes

Tradução do Manchester Evening News

 

Bill Foulkes ( 1968 )

Nascido em St.Hellens, foi o Mr.United por quase duas décadas. Originalmente chegou ao clube como amador e mais tarde se tornou mais conhecido como lateral-direito. Mas logo fez da zaga central seu território e tornou-se o primeiro nome de Sir Matt Busby ao fazer a escalação. Um dos sobreviventes da tragédia de Munique, Foulkes, que se tornou capitão do clube, não tinha medo, mas era leal. Nunca se meteu em muitas confusões. Foulkes colocou seu nome no folclore do United ao fazer um dos raros gols de sua carreira no Santiago Bernabeu, no empate em 3 a 3 com o Real Madrid. Foi o gol que levou o United à final da European Cup. Atuou quase 700 vezes, marca ultrapassada apenas por Sir Bobby Charlton e Ryan Giggs. Foulkes jogou pela seleção inglesa apenas uma vez, duvidosa recompensa pela sua segurança de granito na defesa. Ex-técnico das categorias de base do United, também dirigiu nos Estados Unidos e Japão.

 

Nobby Stiles ( 1968 )

Recebeu a função especial de marcar Eusébio na final, mesmo não sendo um zagueiro de vocação. Mas roubar bolas, marcar e não dar espaço para adversários eram três de suas especialidades. O grande astro português só conseguiu escapar da sombra de Eusébio uma vez, quando Alex Stepney fez grande defesa. Foi a repetição de um papel que ele desempenhou na semifinal Copa de 1966 contra Portugal. Não muitos gols aconteciam nas costas do jogador nascido em Manchester. Frequentemente entrava em atrito com árbitros e desenvolveu reputação de hard man. Styles era mais conhecido como volante clássico ou meia-de-ligação. Apesar de sua falta de estatura ou força muscular, não tinha medo em qualquer função que recebesse.

 

Jaap Stam ( 1999 )

“Jip Jaap Stam is a big Dutchman, get past him if you think you can” era o canto da torcida para o zagueiro durante seus anos em Old Trafford – e vários atacantes acharam a tarefa muito ameaçadora. Stam se tornou um instantâneo sucesso após a transferência do PSV em 1998. Dominante no jogo aéreo e confortável pelo chão, possuía todas as qualidades dos grandes jogadores holandeses. Também não era avesso a levar sua imponente presença para o ataque. Apesar dos atributos físicos, não conseguiu número de gols que fizeram de Steve Bruce um predador também na área adversária. Caiu em desgraça espetacularmente com Alex Ferguson após a publicação de sua autobiografia “Head to Head” e não conseguiu tantos títulos em Old Trafford quanto seria possível se tivesse permanecido mais tempo.

 

Ronny Johnsen ( 1999 )

Versátil norueguês que às vezes não recebia o crédito merecido pelas suas atuações. Azar com contusões significou não jogar tantas partidas quanto poderia nos seus seis anos em Old Trafford. Mas cada vez que vestiu a camisa vermelha, United sabia que receberia uma boa performance. Jogou ao lado de Jaap Stam no Camp Nou e era confortável tanto na lateral direita quanto na zaga ou na cabeça-de-área. De fato, fez excelente trabalho atuando no lugar do lesionado Roy Keane em 1997-1998. Seus 6’3” assegurava vitória na maioria dos duelos aéreos, mas também tinha bom passe e controle de bola. Ganhou quatro títulos ingleses e, enquanto Solskjaer será sempre o norueguês número um na história do United, Johnsen vem em um forte segundo lugar. Por causa das lesões, foi liberado em 2002 e contratado pelo Aston Villa.

 

Rio Ferdinand ( 2008 )

United quebrou a banca para contratar Mr.Cool. E Ferdinand é até hoje a contratação mais cara do Manchester United na história: 29 milhões de libras. Houve tempo em que muitos não estavam convencidos de que ele valia tanto dinheiro. Mas o londrino ficou melhor com o passar dos anos e agora é praticamente indispensável. Seu estilo confiante às vezes o coloca em problemas, mas Ferdinand é considerado um dos zagueiros top do futebol mundial. Bom nos ataques aéreos dos adversários, é excepcional na antecipação e sabe distribuir a bola. Acabou com especulação quanto ao seu futuro ao assinar renovação de contrato recentemente para ficar em Old Trafford até 2013. Com salários estimados em 120 mil libras mensais, não pode permitir uma queda de rendimento.

Nemanja Vidic ( 2008 )

A chegada do grande sérvio teve impacto duplo na defesa do Manchester United. Não apenas Vidic tem sucesso no próprio futebol, mas ajudou Ferdinand a se tornar um jogador melhor. Os dois se complementam e não é coincidência que o time tenha vencido duas ligas em sucessão com ambos no coração da defesa. Vidic tem potencial para se tornar um dos maiores zagueiros da história do United. Forte, poderoso e excepcional no jogo aéreo, também sabe ler o jogo e permanece calmo quando está pressionado. Desarme é um dos seus patrimônios e Fergie conseguiu um grande negócio ao trazer o beque do Spartak de Moscou.

@ Copyright Brazilian Red Devils – 2008

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s