Match report: Barcelona 0-0 Manchester United (UCL, 23/4/2008, Camp Nou)

Cristiano Ronaldo misses a penalty for Manchester United

Quem quiser utilizar os textos do Brazilian Red Devils, favor ter a decência de dar o crédito de onde tirou o texto. E isso de maneira clara e legível para todos os visitantes
 
 
A boa notícia é que o Manchester United não perdeu. Mas isso não significa que o resultado tenha sido bom. De fato, o pior resultado possível para o vsitante (à exceção da derrota, óbvio) é o 0 a 0. Porque na partida de volta, qualquer erro pode ser uma viagem sem volta. And Sir Alex Ferguson should know better. Ele já viveu essa situação em 1998 e 2000. Empatar fora de casa na ida para ser eliminado na volta. E as duas vezes o United deveria ter avançado. Que Cantona não permita que isso aconteça de novo! Deu para perceber claramente os propósitos de Fergie. Ronaldo isolado na frente porque tem mais força física e altura em relação a Rooney e Tevez, que atuaram como meias, na prática. Scholes para os lançamentos de longa distância. Park para ajudar Evra na marcação de Messi. Quando a bola rolou, o time atuou com dois laterais-esquerdos.

Pessoalmente, não gosto quando o United foge de suas características, não importa o adversário. Sou adepto da filosofia Matt Busby: isto é o que sabemos fazer. Detenha-nos, se for capaz. E foi frustrante também para os atletas. Isso estava na cara de Ronaldo e Rooney. A ausência de Vidic (que é dúvida para enfrentar CSKA Chelski) e o receio de Ferguson de escalar Pique na zaga fez com que Hargreaves fosse deslocado para a ala.

Estou apenas diagnosticando. Não foi isso o que me incomodou. Querem saber o que foi?

É que em qualquer circunstância nornal, o Manchester United teria passado por cima do Barcelona. Fosse no Camp Nou, Old Trafford, San Siro ou na Mongólia. Os ingleses não jogaram nada e mesmo assim saíram de campo com o empate. E isso porque Ronaldo perdeu um pênalti. Isso foi o que me deixou enfezado.

Como era esperado, o Barcelona pressionou a saída de bola. Nas poucas vezes em que o Manchester United fez o mesmo, complicou o jogo deles. Em uma delas, Ronaldo por pouco não saiu na cara do gol.

Não deixa de ser irônico que Johan Cruyff tenha cantado o jogo com dias de antecedência. Ele disse que o United jogaria apenas com bolas longas. Não é essa a característica do time inglês. Nunca foi. Mas hoje não pararam de fazer isso. Muitos passes curtos errados. Carrick, Scholes, Tevez… jogadas completamente equivocadas.

Se Van der Sar não foi o jogador que mais recebeu passes, chegou perto disso.

Nem quero escrever muito mais sobre esta partida. Prefiro me concentrar na conquista do título inglês sábado. E em acreditar que na próxima terça-feira o Manchester United voltará a ser o Manchester United para chegar à final da Champions League. Porque temos time, talento e força para isso. Não está tão difícil assim.

Keep the faith!

 

@ Copyrights Brazilian Red Devils – 2008

 

 

Anúncios

2 Respostas para “Match report: Barcelona 0-0 Manchester United (UCL, 23/4/2008, Camp Nou)

  1. Análise perfeita da partida. Realmente, o United abdicou do ataque e limitou a se defender, deixando Ronaldo completamente isolado na frente. Aí, sozinho contra três ou quatro marcadores, não tem como fazer nada mesmo. Lamentável o penalti perdido, gol fora de casa vale ouro. Acontece, fazer o que? O Barça teve muito mais posse de bola, mas não sabia o que fazer com ela quando chegava na intermediária do Manchester, que no quesito marcação foi quase perfeito, fechando bem a entrada da área. O problema era a ligação (inexistente) com o ataque. A bola ia e voltava na mesma hora. E da-lhe mais pressão. A situação era lamentável, e torci pro jogo acabar o quanto antes. No final das contas, analisando friamente o resultado, até que não foi ruim. Empate fora de casa (mesmo que sem gols) em torneio de mata-mata é um resultado válido. Agora, é decidir em Old Trafford, com o apoio da torcida e precisando de uma vitória simples. Espero que Ferguson bote o time pra frente, como eles sabem jogar. Acredito que é isso que ele vai fazer. Quero ver o Barça partir pra cima como fez ontem. Confio no time, e acho que temos totais condições de conseguir essa vaga pra final. Temos mais time, a questão é saber valer essa superioridade. Se cuidem Blaugranas, Old Trafford espera por vocês. MANCHESTER THE RELIGION.

  2. Ótima análise realmente e que decepção o jogo de ontem, com Carrick e Scholes no meio, oe melhor foi yaya Toure, não que ele seja ruim, mas não se compara aos nossos jogadores. Iniesta e Xavi tiveram uma boa partida, porém mais por nossa falta do que pela sobra deles.

    Enfim, mal posso esperar por sábado e terça!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s